Os Diferentes

meiasmelhoradas

Sinto que os diferentes não podem mais existir. Nem tampouco coexistir. Os estritamente iguais alardeiam por aí que os diferentes seriam capazes de influenciá-los, mudá-los. Esquecem que os pés que calçam estas estranhas meias – as diferentes – sofrem, quase sozinhos, defendendo-se do que há de pior ao seu redor. Perseveram. À custa de dogmas. Apesar de preconceitos. Um dia, quem sabe, esse pássaro de bico “estranhamente” laranja tocará os iguais, acordando-os. Coragem!

  • Dedico esta curtíssima a todos os meus diferentes amigos. Sem vocês, meu mundo seria um tédio.

 

Um comentário sobre “Os Diferentes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s